Contato: 11 3116.4520 | 3105.5786 Emergências: 11 94022.2333

Dicas sobre como organizar a primeira viagem internacional

Viajar é sempre uma experiência incrível que rende memórias inesquecíveis. Porém, exige bastante e cria até algumas preocupações quanto aos preparativos. E quando é a primeira viagem para um lugar no exterior? O que se deve levar? Quanto? Quais documentos apresentar? Enfim, uma série de decisões devem ser tomadas para que tudo saia bem.

ESCOLHA DO DESTINO

Essa é a decisão que afeta todas as demais. Seja sozinho, com familiares ou amigos, é necessário definir, em primeiro lugar, para onde ir. Assim, todas as outras decisões, como hospedagem, transporte, dinheiro, data e documentação, podem ser tomadas de modo mais tranquilo.

É importante que a escolha reflita o seu perfil: atrações naturais, culturais, praias, show, enfim. Situações que possa, de fato, aproveitar. Por tratar-se de uma viagem internacional, é importante não tomar a decisão em cima da hora, pois isso pode influenciar na reserva de hoteis e compra de passagens.

DOCUMENTAÇÃO

Na prática, é tão importante quanto a definição do destino. Há muitos países do Mercosul que permitem a entrada de turistas apenas com a apresentação da carteira de identidade. Mas, nos EUA, por exemplo, um dos países mais procurados pelos turistas brasileiros há um processo bastante rigoroso que exige o passaporte e o visto.

Procure a Polícia Federal para a emissão do primeiro passaporte cerca de quatro meses antes da viagem, pois o processo, muitas vezes, é longo. Por ser uma questão legal, esse passo deve ser cumprido de forma integral para que você possa aproveitar a viagem de maneira bastante tranquila.

Nos processos de passagem pela imigração, você deverá apresentar, além de seus documentos pessoais, as passagens de ida e volta e a comprovação de reserva de hotel ou de uma carta-convite de hospedagem de amigos. Além do documento físico, tenha uma cópia, salva no e-mail, por exemplo, ou na nuvem. Guarde-os em um lugar seguro para evitar buscas de última hora.

Alguns países exigem, também, um Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP). No site da ANVISA, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, é possível encontrar todas as vacinas exigidas para os países que se pretende visitar.

COMPRA DAS PASSAGENS

Várias companhias aéreas possuem promoções relâmpago, por isso é útil manter um “esquema” de monitoramento de vários sites para a possibilidade de conseguir comprar com desconto. É importante também estar ciente da necessidade – ou não – de adquirir um seguro viagem para alguns países onde seja obrigatório, como na Europa, por exemplo. 

DEFINIÇÃO DA PROGRAMAÇÃO

É o momento de sentar-se, sozinho ou com os familiares, para pensar a respeito do que fazer. Sites, revistas, agências ou, até mesmo, conhecidos que já visitaram o local são fontes confiáveis para que você possa montar o seu roteiro.

Atrações, monumentos, eventos artísticos culturais podem ser estudados previamente inclusive com riqueza de detalhes. Horários e valores de shows, cinemas, teatros, bem como de outras atividades estão plenamente disponíveis em seus respectivos sites na Internet. È importante ficar atento quanto a esse passo da organização, pois, em algumas ocasiões há sorteio de ingressos também.

RESERVA DO HOTEL

Aqui a antecedência também é muito importante. Aspectos como a localização, os serviços que prestam e os tipos de acomodações devem ser levados em consideração para a escolha final.

Também é importante verificar se o estabelecimento em questão aceita cancelamentos sem cobrança de taxas. Assim que encontrar o hotel que pareça mais conveniente, não perca tempo, já faça as reservas online.

COMPRA DA MOEDA DO PAÍS

Não é possível viajar para um país no exterior e arcar com todos os gastos sem a moeda local. Nem se deve apostar apenas no uso de cartões de crédito e débito.

Aliás, o uso dos cartões deve ser feito com muito critério em virtude do aumento no IOF – o imposto sobre operações financeiras – que aumentou nos últimos anos, tornando as compras mais salgadas. Prefira Casas de Câmbio a Bancos. São menos burocráticas.

BAGAGEM

Nem sequer pense em arrumar as malas na véspera de sua viagem para o exterior. O ideal nesse passo é, primeiramente, escrever um check-list de todos os itens que são importantes levar. Roupas, calçados, acessórios, celulares, câmeras, documentos, enfim, todos os itens que serão usados ao longo da viagem.

Um item muito importante atualmente é o celular e, não dá para esquecer de itens como carregador e um chip que funcione no país de origem, pois o aparelho permitirá, entre outras coisas, solicitar um Uber, bem como saber os horários de visitação de um museu que queira visitar, por exemplo.

AEROPORTO

Chegue, pelo menos, duas horas de antecedência para evitar imprevistos. Deixe a documentação necessária (documentos pessoais e-ticket) à mão para agilizar o processo.

Identifique sua bagagem com nome, endereço, telefone e e-mail para que, em caso de extravio a pessoa ou companhia que a encontrar possa estabelecer contato. Fique atento também ao limite de bagagem para não ultrapassá-lo e ter que arcar com tarifas extras.

Os comprovantes de hospedagem também devem estar à mão, caso sejam pedidos na alfândega.

Durante o voo, apesar das companhias oferecem mantas, leve uma em sua bagagem de mão, pois o ar condicionado principalmente em grandes aeronaves é bem gelado. Vista roupas quentes, mas confortáveis, pois a viagem pode ser longa.

Para sua primeira viagem ao exterior, contrate uma agência séria,com profissionais qualificados. A Sweet Way oferece vários pacotes e diversos serviços personalizados. Saiba mais aqui

Escrito por Mário José Martins

Redator, Tradutor e Professor.

marioprofessor28@gmail.com

Deixe uma resposta

Sobre a Sweet Way

A Sweet way é uma agência que trabalha com uma proposta diferenciada no mercado: Atendimento personalizado ao cliente.

Ao entrar em contato conosco você será atendido por pessoas que realmente conhecem o assunto, sendo informado sobre os melhores destinos, os melhores hotéis e os preços mais baixos, além de locais para diversão e entretenimento. Tudo de acordo com o seu gosto e o seu bolso.